quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Sabe o que eu mais gosto em você?

Olá a Todos!
Primeiro quero agradecer a todos meu amigos e ao que me dão a maior força para escrever esse blog.
Também agradeço a a Erica do blog modismo em moda que é muito bacana e eu li o artigo que vc postou do Keith Richard duas vezes.

Também vai um beijo especial a Gaby do Blog Planeta Arco-Iris, onde li o texto "Não dá para esquecer" (meu favorito), onde refleti e cheguei a conclusao que todos nós diferentemente de credo, cor, raça, opçao sexual, somos humanos, estamos sempre procurando a felicidade e querendo cuidar de alguém e também ser cuidados por nossos amados!

Pensei no que escrever hoje!
Não sei nada me passou pela cabeça, ai veio a idéia doida de pensar nas coisas que eu mais gosto no meu ''habib'', essa idéia fantástica veio do fato de lembrar daquela frase que me '' matou ''
a algumas semanas: "o amor é psicologico e que podemos tira-lo de dentro de nós a qualquer momento!".

Fiquei pensando no que eu mais detestaria nele, e o pior não houve resposta, tah eu sei que a mente de quem gosta não vê defeito, mais nao soube dizer na real o que eu nao goste!

Depois pensei no que me fez gostar... Acredito que foram a mistura da voz que parece a todo momento querer se impor, dizendo: "olha eu aqui''!, com o sorisso timido e sem vergonha e o jeitinho de olhar para baixo como se tivesse pedindo desculpas por alguma coisa!

As vezes nem eu sei o porque gosto dele, se ele merece o meu ''amor''(?), nem se como e quando pude perder o eixo que tanto me orgulhava de ter. Como ele quebrou uma muralha, bloqueio assim tao facil!

Perguntei a mim mesma como fui entregar meu coração assim tão de "bandeja", como dei meu coração para ele sem pedir nada em troca sem ter garantias de devolução ou uma ''troca com troco'', e nisso eu percebi que me enganava com os outros garotos, e que esse sentimento mesmo sendo um velho conhecido meu, com o meu amado é o sentimento mais diferente que senti em toda a minha vida.

E quer saber perdi o medo: de ser rejeitada, de doer, de tentar, de realmente amar.
Descobri que eu não tinha medo de mais nada! Somente descobri dentro de mim que a coisa que mais me amedronta é ele não saber o que eu sinto eu que eu quero dele!

Claro que resolvi me confessar, mais ainda preciso saber como, quando e aonde posso fazer isso, muita coragem falou a Kátia, não é coragem... a covardia maior é deixar "todas essas borboletas lindas azuis e brilhantes dentro de mim'' e elas não poderem  ser libertadas e deixar voar.

Se der certo, muito bem, ele vai ter a pessoa mais maravilhosa que ele pode sonhar, alguém que vai cuidar dele por um longo tempo ou ate quando ele quiser, alguém que vai faze-lo rir e até aprontar algo de gostoso na cozinha (assim como um bolo de coco com recheio de chocolate com marsmellow e bombom sonho de valsa em cima), vou ser feliz por vou estar cuidando de ser feliz ao lado dele...

Se não der certo?
Fazer o que? Morrer, arrancar os cabelos? Acho que não!
Chorar para as amigas faz parte, mais depois da ''alma lavada'' é somente fazer a fila andar mesmo, e partir para outra margem do rio!

Mais não tenho dúvidas mais se não soltar o que tenho dentro do meu coração acho que vou morrer sufocada! rs

Vamos ver como vou terminar essa ''novela mexicana''...
Mais como eu sempre deixo uma música ou um trecho de alguma, essa hoje ouvir o dia inteiro e esse trecho tem a parte que mais me identifico:

Você De Volta  (Maria Cecilia e Rodolfo)
Eu vivo buscando em alguém
Alguma coisa que eu sei
Que só existe em você
Eu quero a metade de mim que é você
O riso que irradia o mundo
E que me faz viver
Eu não aguento mais essa saudade
E essa solidão que me invade me faz ver

http://www.vagalume.com.br/maria-cecilia-e-rodolfo/voce-de-volta.html#ixzz16CoIkzMZ
Beijos encerro a transmissão de hoje com Maria Cecília e Rodolfo para desespero da Jéssica que é minha amiga Rock in Roll!

Um comentário:

  1. a gente não controla nosso coração né.. ;/

    ResponderExcluir